Esta é a sexta inauguração da rede neste ano em um total de R$ 250 milhões em investimentos; estimativa é de que mais de 100 mil clientes passem pelo novo empreendimento

A cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina, recebe nesta quarta-feira, dia 19 de dezembro, a 34ª loja do Fort Atacadista e a 68ª unidade de negócio do Grupo Pereira, que também detém as bandeiras Atacado Bate Forte e do Comper Supermercados. A abertura deste estabelecimento encerra um ano de grande expansão para o Grupo Pereira. Com mais essa, fruto de R$ 45 milhões de investimentos, soma-se o total de seis unidades inauguradas em 2018 em um investimento de R$ 250 milhões. Nos últimos dois meses foram abertas as lojas de Campeche (em Florianópolis), Tubarão, Joinville, finalizando com a de Criciúma, nesta quarta-feira, todas em Santa Catarina.

A loja, a 22ª do Fort no estado catarinense, fica na Avenida Centenário, 1151, no bairro do Pinheirinho. O local abre ao público oficialmente às 9h, mas antes, a partir das 8h, a comunidade local é convidada a participar de uma cerimônia com a presença de autoridades, degustações de diversas marcas e música. O valor correspondente aos fogos de artifício para a cerimônia de inauguração será revertido em um vale-compras de ração para a Associação de Proteção dos Animais SOS Vira-Lata de Criciúma/SC.

O primeiro Fort inaugurado no Sul do estado catarinense foi em Içara, em 2017, cidade vizinha de Criciúma; mais recentemente, no mês de novembro, a rede também abriu as portas em Tubarão. Com um mix de 8 mil itens, a loja de atacarejo chega à Criciúma para atender mercados, hotéis, lanchonetes, bares, restaurantes, escritórios e consumidores do lar em um ambiente moderno e com uma departamentalização típica do segmento. “Garantimos que esta loja é a mais moderna da série que estamos inaugurando. Os clientes perceberão que nos preocupamos muito com o conforto e a praticidade deles na hora da compra, além, é claro, da vantagem econômica, que é a missão desse segmento”, diz João Pereira, vice-presidente comercial do Grupo Pereira.

O empreendimento chega para suprir a demanda de clientes não apenas de Criciúma, como também de cidades vizinhas como Forquilhinha, Maracajá e Siderópolis. “Até então nossos clientes de Criciúma compravam na loja de Içara, que foi muito bem recebida pela região; após muita pesquisa, decidimos abrir uma unidade própria para os criciumenses”, completa João Pereira. São esperados mais de 100 mil clientes por mês.

A loja do Fort Pinheirinho gerou mais de 500 postos de trabalho – somados os empregos diretos e indiretos –, priorizando moradores locais para preencher as vagas.

Diferenciais

Nesta unidade outro atrativo será o Açougue Carne Fresca, uma das novidades do Fort Atacadista em suas lojas mais recentes. Elaborado a partir de um modelo americano, o setor de carnes oferta cerca de 40 cortes de carnes com qualidade diferenciada e frescas (com apenas dois ou três dias após o abate bovino). O objetivo é facilitar as compras do dia a dia.

A nova loja seguirá os mesmos padrões de conforto, qualidade e inovação vistos em inaugurações recentes, como em Tubarão. Em um terreno que ultrapassa os 20 mil m², a unidade dispõe de mais 6 mil m² de área de vendas, corredores amplos, 25 pontos de checkout (caixas) para agilizar o pagamento e 434 vagas de estacionamento. “Estamos abrindo as portas de uma linda loja para encantar os nossos clientes. Eu e minha equipe estamos à disposição para atendê-los todas as horas, além dos preços muito competitivos; queremos dar o melhor em nosso atendimento”, afirma Riler Becker, gerente da loja.

Troco Solidário

A primeira instituição de caridade que será beneficiada pelo Troco Solidário do Fort Atacadista em Criciúma será a Abadeus – Associação Beneficente de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. “Procuramos ser bons vizinhos ao chegar em uma região, implementando projetos como o Troco Solidário. É uma forma de colaborar com a comunidade”, explica João Pereira. Para participar, o cliente Fort pode doar qualquer quantia a partir de R$ 0,01 no ato das compras, nos caixas. Os valores arrecadados são integralmente destinados à instituição.

Expansão

A estimativa do Grupo Pereira é fechar o ano de 2018 com um faturamento imponente, acima de R$ 7 bilhões. Para o primeiro semestre de 2019 está prevista a abertura de outras seis lojas do Fort Atacadista no País: Biguaçu, Florianópolis, Barra Velha e Itajaí, em Santa Catarina; em Brasília (DF); e em Cuiabá (MT). No próximo ano o Fort também prevê abrir novas unidades nas regiões Centro-Oeste e Oeste – onde foi inaugurada a primeira loja, em Chapecó, neste ano.